terça-feira, 22 de abril de 2014

Congresso Brasileiro de Comunicação Corporativa: palestra sobre rádio corporativa complementa programação

A pouco menos de duas semanas para começar, a programação do Congresso Brasileiro de Comunicação Corporativa, o #CBCC2014, foi complementada com mais a palestra de número 11, até então com o  título em aberto.  O diretor da Rádioweb, Paulo Gilvane, vai abordar o tema da rádio online corporativa - uma rádio pra chamaar de sua.  
O conteúdo que será apresentado, discutido e debatido nos três dias do evento que a Mega Brasil Comunicação realiza, uma vez mais, no Centro de Convenções Rebouças, em São Paulo, está superabrangente! Não perca a chance de dar uma olhada abaixo:


Dia 06/05/2014

06/05/2014 09h30 às 10h00
Credenciamento
06/05/2014 10h00 às 11h00 - Conferência Magna de Abertura
Conferência Magna de Abertura 
Título da apresentação: Um clamor pela ética e pela cidadania
Convidados: Marco Aurélio Mello, Ministro do Supremo Tribunal Federal e presidente do Tribunal Superior Eleitoral
Moderação: 
06/05/2014 11h00 às 11h05
Intervalo Técnico
06/05/2014 11h05 às 13h05 - Mesa Redonda Especial
Mesa Redonda Especial - Jornalismo pós-industrial
Título da apresentação: A mídia no divã - Os desafios da sobrevivência e da relevância
Convidados: Francisco Rolfsen Belda - professor de Pós-graduação em Televisão Digital da Unesp; Maurizio Mauro - professor do Insper; Caio Tulio Costa - jornalista e Carlos Castilho - colunista do Observatório da Imprensa
Moderação: Carlos Eduardo Lins da Silva, Professor e Editor da Revista de Jornalismo ESPM
06/05/2014 13h05 às 14h05
Almoço
06/05/2014 14h05 às 15h05 - Palestras Simultâneas - Sessão 1
Palestra 01 - Integração de áreas
Título da apresentação: “Comunicação Corporativa e Publicidade: integração utópica ou solução para os tempos de revolução digital?”
Convidados: Lana Pinheiro, Diretora de Relações Institucionais e Comunicação da DM9DDB
Moderação: Nelson Tucci, Assessor de Comunicação da Abrasca


Palestra 02 - Carreira
Título da apresentação: O que mudou na atividade de Comunicação e na vida do comunicador? As novas competências e habilidades de uma carreira em transformação e evolução
Convidados: Eraldo Carneiro, Presidente do Conselho Deliberativo da Aberje - Associação Brasileira de Comunicação Empresarial
Moderação: Marcia Glogowski, Diretora da RP1 Comunicação
06/05/2014 15h05 às 15h15
Intervalo Técnico
06/05/2014 15h15 às 16h15 - Palestras Simultâneas - Sessão 2
Palestra 03 - Ativação nas Redes Sociais
Título da apresentação: “Inovação brasileira – Como a Garoto, numa ação inédita, usou sua fanpage e a participação dos consumidores para criar sua campanha como patrocinadora da Copa do Mundo da FIFA 2014”.
Convidados: André Barros, gerente executivo de marketing da Chocolates Garoto
Moderação: Roberta Machado, diretora executiva da In Press Porter Novelli


Palestra 04 - Mercado
Título da apresentação: A chegada do Brasil ao circuito dos grandes grupos internacionais de comunicação integrada
Convidados: Andrew Greenlees, sócio e VP da CDN
Moderação: Eugênio Araujo, Assessor de Comunicação Institucional da Câmara Municipal de São Paulo
06/05/2014 16h15 às 16h40
Intervalo de Relacionamento
06/05/2014 16h40 às 18h00 - Mesas Redondas Simultâneas - Sessão 1
Mesa Redonda 1 - Crise e Reputação
Título da apresentação: A Comunicação, o Sourcing, o Compliance e as novas tendências do mundo corporativo para enfrentar crises e defender marcas, negócios e reputação
Convidados: Josefa Lira, Consultora de Auditoria, Compliance e Ética; Bruno Carramenha, gerente de Comunicação da Unilever, Sandy Soares, Associação Brasileira de Anunciantes e João Jose Forni, consultor em Comunicação e autor do livro "Gestão de Crises e Comunicação - O que Gestores e Profissionais de Comunicação precisam saber para enfrentar Crises Corporativas. 
Moderação: Silvio Celestino, Sócio-diretor da Alliance Coaching. 


Mesa Redonda 2 - Comunicação Eleitoral
Título da apresentação: Ativismo Digital e Pesquisas nas campanhas
Convidados: Sérgio Kobayashi, Consultor de Marketing Eleitoral e coautor dos livros Eleição Vença a Sua – As Boas Técnicas do Marketing Político” (Ateliê Editorial) e “Guia de Estilo para Candidatos ao Poder” (Editora SENAC), Antonio de Pádua Prado Jr (Paeco), diretor da APPM e Helio Gastaldi, Ibope 
Moderação: Decio Paes Manso, Presidente do Conselho de Administração do Grupo Attitude
06/05/2014 18h00 às 18h10
Intervalo Técnico
06/05/2014 18h10 às 19h10 - Conferência 02 - Internacional
Conferência Internacional - Conteúdo e Marcas
Título da apresentação: Criação e distribuição de conteúdo como oportunidades de negócios para marcas
Convidados: Jason Wellcome, Líder global da área Mediaco da Weber Shandwick
Moderação: Claudia David, Diretora de comunicação para a América Latina da Bayer CropScience.
06/05/2014 19h10 às 19h30
Intervalo Técnico
06/05/2014 19h30 às 20h30 - Cerimônia do Prêmio Personalidade da Comunicação
Prêmio Personalidade da Comunicação 2014
Título da apresentação: Homenagem a jornalista Miriam Leitão
Convidados: Miriam Leitão, Jornalista e Escritora
Moderação: 
06/05/2014 20h30 às 21h30
Coquetel do Prêmio Personalidade da Comunicação
Dia 07/05/2014

07/05/2014 09h00 às 09h30 - Lançamento do Anuário Brasileiro da Comunicação Corporativa 2014
Anuário Brasileiro da Comunicação Corporativa - Edição 2014
Título da apresentação: Anuário Brasileiro da Comunicação Corporativa - Edição 2014
Convidados: Eduardo Ribeiro, Marco Rossi e Lena Miessva
Moderação: 
07/05/2014 09h30 às 09h40
Intervalo Técnico
07/05/2014 09h40 às 11h40 - Fórum do Pensamento
Fórum do Pensamento´- O futuro que nos espera
Título da apresentação: O Brasil dos sonhos e o Brasil real
Convidados: Jorge Gerdau Johannpeter, presidente do Conselho de Administração da Gerdau - O olhar empresarial; Fábio Barbosa, Presidente Executivo da Abril S.A. - O olhar da mídia; Gaudêncio Torquato, Professor da Universidade de São Paulo, consultor em Comunicação Empresarial e Escritor - o olhar da comunicação e da política; José Goldemberg, professor da Universidade de São Paulo, físico, cientista, ex-Secretário de Ciência e Tecnologia e ex- Ministro da Educação - o olhar da ciência
Moderação: Fatima Turci, Âncora do Programa Economia & Negócios da Record News
07/05/2014 11h40 às 11h45
Intervalo Técnico
07/05/2014 11h45 às 12h45 - Conferência 03 - Internacional
Conferência Internacional - Comunicação Digital
Título da apresentação: Como potencializar a dinâmica das informações no ambiente digital em oportunidades de engajamento. 
Convidados: Jeff Beringer, Líder global da Área Digital da GolinHarris
Moderação: José Luiz Schiavoni, Diretor da S2Publicom
07/05/2014 12h45 às 13h45
Almoço
07/05/2014 13h45 às 14h45 - Palestras Simultâneas - Sessão 3
Palestra 05 - Redes Sociais
Título da apresentação: Inteligência coletiva e comunicação publicitária
Convidados: Abel Reis, CEO da AgênciaClick Isobar
Moderação: Omar Barreto, Gerente de Comunicação do Banco do Brasil


Palestra 06 - A mídia das fontes
Título da apresentação: Como amplificar a própria voz, em contraponto às mídias tradicionais, criando suas próprias mídias
Convidados: Chico Sant'Anna, Diretor do Programa Diplomacia, da TV Senado e PhD em Ciências da Informação e da Comunicação pela Universidade de Rennes (França) 
Moderação: Mateus Furlaneto, Diretor de Relações Institucionais da Aberje 
07/05/2014 14h45 às 14h55
Intervalo Técnico
07/05/2014 14h55 às 15h55 - Palestras Simultâneas - Sessão 4
Palestra 07 - Alta Liderança
Título da apresentação: Comunicação da alta liderança: objetivos, desafios, oportunidades e melhores práticas
Convidados: Juliana Vale Marques, diretora de Comunicação do Grupo Yara
Moderação: Manoel Marcondes Neto, Diretor Presidente do OCI – Observatório da Comunicação Institucional


Palestra 08 - Social PR
Título da apresentação: Social PR – Construção de marcas em um mundo sem "caixinhas"
Convidados: Daniel Rímoli – Líder da área Digital da Edelman Significa
Moderação: Maria Aparecida Ferrari, professora dos programas de pós-graduação e graduação da Escola de Comunicação e Artes da USP
07/05/2014 15h55 às 16h20
Intervalo de Relacionamento
07/05/2014 16h20 às 18h00 - Mesas Redondas Simultâneas - Sessão 2
Mesa Redonda 3 - Verbas
Título da apresentação: Para onde está indo o dinheiro da Comunicação? - A nova rota dos investimentos e seus impactos para os negócios e para o mercado
Convidados: Marco Simões, diretor de Comunicação da Coca-Cola; Mário Laffitte, vice-presidente de Comunicação e Relações Institucionais da Samsung e Hélio Muniz, diretor de Comunicação do McDonald´s e Marcos Madureira – Vice-Presidente Executivo do Santander para as áreas de Comunicação, Marketing, Relações Institucionais e Sustentabilidade 
Moderação: Elisa Prado, Diretora Executiva de Comunicação da America do Sul e Central da Tetra Pak


Mesa Redonda 4 - Monitoramento e Clipping
Título da apresentação: O uso de conteúdo jornalístico por terceiros – um mercado em discussão
Convidados: Taís Gasparian, Advogada do Grupo Folha, Antonio Carlos Gonçalves, Diretor de Negócios e Serviços da EBC – Empresa Brasileira de Comunicação e Maria Luiza F. Valle Egea, Advogada da Abemo – Associação Brasileira das Empresas de Monitoramento 
Moderação: Carlos Carvalho, Presidente-Executivo da Abracom
07/05/2014 18h00 às 18h10
Intervalo Técnico
07/05/2014 18h10 às 19h10 - Palestra Inspiradora
Palestra Inspiradora - A Comunicação e o macho do Século XXI
Título da apresentação: O executivo que virou dona de casa e acabou gostando
Convidados: Claudio Henrique Santos, ex-executivo de Comunicação e mini-empreendedor, que abandonou a carreira para se dedicar à carreira da esposa, tornando-se dona de casa, primeiro em Singapura e agora nos Estados Unidos
Moderação: Junia Nogueira de Sá, consultora de comunicação
Dia 08/05/2014

08/05/2014 10h00 às 11h00 - Conferência 04 - Internacional
Conferência 04 - 
Título da apresentação: A Confirmar
Convidados: A Confirmar
Moderação: A Confirmar
08/05/2014 11h00 às 11h05
Intervalo Técnico
08/05/2014 11h05 às 12h05 - Palestras Simultâneas - Sessão 5
Palestra 09 - Agências de Comunicação 
Título da apresentação: A Era da Desintermediação, seu impacto na Comunicação Corporativa e o papel estratégico das Agências de Comunicação
Convidados: Flávio Castro, sócio-diretor da FSB Comunicações
Moderação: 


Palestra 10 - Carreiras
Título da apresentação: Sua carreira em xeque: Um diálogo franco sobre as escolhas de sua vida profissional
Convidados: Gilberto Guimarães, Coach e docente da BSP - Business School São Paulo
Moderação: 
08/05/2014 12h05 às 13h05 - Palestras Simultâneas - Sessão 6
Palestra 11 - Ferramentas de Comunicação
Título da apresentação: Rádio Online Corporativa: uma rádio para chamar de sua
Convidados: Paulo Gilvane, Diretor da Radioweb
Moderação: 


Palestra 12 - Comunicação e Eleição
Título da apresentação: O papel do TSE na elevação da cidadania e na promoção do voto consciente
Convidados: Katia Cubel, diretora de Comunicação do Tribunal Superior Eleitoral
Moderação: Karim Miskulin, Diretora Executiva da Revista Voto
08/05/2014 13h05 às 14h05
Almoço
08/05/2014 14h05 às 15h45 - Mesa Redonda
Mesa Redonda - Redes Sociais
Título da apresentação: As apostas que estão dando certo e abrindo caminho para o sucesso das empresas nas redes sociais
Convidados: Mônica Ferreira, gerente de Relacionamento com a Imprensa e Mídias Digitais da Vale, Lilian Santos Faria, diretora de marketing Digital da Gol e Bruna Buás, Gerente de Comunicação do Guarna Antarctica (Ambev)
Moderação: Manoel Fernandes, Diretor da Consultoria Bites
08/05/2014 15h45 às 15h55
Intervalo Tecnico
08/05/2014 15h55 às 17h15 - Crème de la Crème
Crème de la Crème 
Título da apresentação: Avaliação do Congresso Mega Brasil de Comunicação
Convidados: João Jose Forni, Jornalista e consultor de Comunicação e autor do livro: Gestão de Crises e Comunicação - O que Gestores e Profissionais de Comunicação precisam saber para enfrentar Crises Corporativas; Cristina Vaz de Carvalho, jornalista e correspondente no RJ do Informativo Jornalistas&Cia e Carlos Carvalho, Presidente Executivo da Abracom
Moderação: 
08/05/2014 17h15 às 17h30
Sorteios e Encerramento

Ainda dá tempo para se inscrever. Visite o hot-site da empresa; até o dia 30 de abril, as inscrições ainda podem ser adquiridas com desconto de 10% sobre o preço cheio do evento.  

segunda-feira, 21 de abril de 2014

Receita para a felicidade

Adoro assistir às apresentações do/no TED.  Para quem ainda não as descobriu, elas valem por aula inteira - sobre os mais diversos temas - da tecnologia à depressão, passando por... felicidade.  Vale para quem é professor, quem é pai, quem quer ter um novo ângulo para pensar sobre temas os mais loucos. 

Nesses tempos de Páscoa, esse, do Brother David Steindl-Rast me pareceu bastante oportuno. Estamos correndo atrás da felicidade como cães atrás do próprio rabo e nem percebemos que ela pode estar a um passo dos nossos narizes.  Confira e reflita sobre a sua felicidade.  (em inglês)


Corra atrás da sua felicidade

Agora, se o que te faz feliz é participar de um TED, #olhovivo, porque a turma está vindo para o Brasil em outubro deste ano, mais especificamente entre 5 e 10 de outubro. É o TED Global South, que vai acontecer em Copacabana,  no Rio de Janeiro.  Não é para qualquer bolso, porque o passe custa US$ 6 mil, mas se você acha que tem algo a dizer e quer interagir com outras pessoas que estejam pensando fora da caixa, da mesa, da cadeira, da cabeça... a hora é essa. E boa sorte. Aplicações aqui.

terça-feira, 15 de abril de 2014

#Jornalismo: a vez do otimismo


No último dia 7 de abril, data em que o Brasil comemorou o dia do Jornalista, um artigo do Nieman Journalism Lab sobre o  o 15º Simpósio Internacional de Jornalismo Online (ISOJ), que aconteceu no Texas, realizado pelo Centro Knight para o Jornalismo nas Américas, me chamou a atenção. A reportagem baseou-se na apresentação feita pelo editor executivo do The Washington Post, Marty Baron, um dos mais importantes jornalistas dos Estados Unidos, tendo já estado à frente do The Boston Globe e do The Miami Herald. Ele falou sobre a compra do Post pelo fundador da Amazon, Jeff Bezos, trazer um novo senso de otimismo sobre o futuro do jornal e, quem sabe, do jornalismo em geral - e esse otimismo eu compartilho aqui com vocês.

A palestra foi bem extensa e o artigo também traz em detalhes o que Baron disse. Mas, como um resumo, o próprio jornalista reduziu-a em alguns pontos-chave. Numa tradução livre, torno-os claros aqui, numa tentativa de trazer alguma luz para colegas de Redação e donos de jornais que, aqui no Brasil, ainda lutam por dias melhores em relação à tsunami causada pela web 2.0 e suas nefastas consequências...

1. No geral, o jornalismo tem sobrevivido. Ainda estamos aqui.

2 . Os novos proprietários de jornais estão trazendo novo capital necessário e uma série de ideias diferentes; eles estão repensando modelos de negócio.

3. É importante olhar para o desabrochar de novas organizações jornalísticas.


4. Novas formas de contar histórias surgiram, e elas provaram ser particularmente eficazes no processo de fazer os veículos conectarem-se com os leitores. 

5. As pressões sobre a nossa indústria nos obrigaram a prestar uma atenção enorme aos nossos clientes - leitores, telespectadores , ouvintes.

6. As condições atuais do nosso setor estão abrindo um vasto leque de novas oportunidades.

7 . Agora estamos vendo uma nova geração de jornalistas com diferentes e mais completas habilidades entrar em nosso campo. Isso é extremamente encorajador.

8 . Talvez o mais importante: No meio de toda a agitação na nossa área, em meio à ansiedade persistente e generalizada entre os jornalistas , nós estamos fazendo um trabalho forte e importante. Estamos continuando a cumprir a missão jornalística.
Via Dawn Garcia (@degarciaknight)

Sem ser Polyana, mas um otimista insatisfeito, como ele mesmo se definiu ao reforçar estes pontos, Marty Baron disse que sabe que o jornalismo enfrenta enormes desafios pela frente, mas que não há outra alternativa que não seja o ser  otimista. Afinal, as oportunidades são enormes e é preciso aproveitá-las, todas. "Eu também escolho ser otimista, porque apenas assim eu posso vislumbrar um caminho para o sucesso. Só com o otimismo eu posso ter fé que a nossa importante missão jornalística será sustentada. É essa a convicção que me leva a trabalhar todos os dias. 

A apresentação completa do editor do the Washington Post  pode ser acompanhada em inglês, no site do Nieman Lab, sob o título Optimism is the only option: The Washington Post’s Marty Baron on the state of the news media.  

Este texto foi apresentado originalmente no programa Ponto de Encontro, que desde março deste ano venho apresentando na Rádio Mega Brasil online. Se você não conseguiu me acompanhar pela grade de programação, faça download aqui dos programas apresentados. 

sexta-feira, 28 de março de 2014

A internet mudou a comunicação, e a comunicação tem mudado o mundo dos negócios. Por que não o congresso da Mega Brasil Comunicação?

Existem coisas que a gente já sabe que vai encontrar todos os anos, mais ou menos na mesma época. É assim com o carnaval, a páscoa e outros feriados; mas é assim também com alguns eventos, que já entraram para a Agenda dos acontecimentos de mercado.  Na área de comunicação corporativa, por volta de março e abril, há mais de 15 anos colegas e profissionais já se acostumaram à movimentação que rola para participar do único congresso do tipo no País: o Congresso da Mega Brasil Comunicação. 
Algumas características não mudam nunca; ele acontece em três dias, geralmente em maio e em São Paulo, agrega o lançamento do Anuário Brasileiro de Comunicação Corporativa e sempre termina com a sessão Crème de la Crème, um fechamento geral dos trabalhos. Pelo menos nos últimos 10 anos tem sido realizado no Centro de Convenções Rebouças, e a razão é simples. Bem localizado, permite acesso pelo metrô, tem várias linhas de ônibus que passam pelo local, além de estacionamentos na redondeza. Claro que o tráfego na Avenida Rebouças vem piorando a cada dia, mas, onde não? Este ano, com as obras de atualização em curso naquele local, certamente algumas mudanças físicas serão observadas; e para melhor.
Ainda assim, o evento sempre traz novidades- já houve sessão de cinema com discussão do tema com o diretor, desfile de moda corporativa com dicas de como se maquiar, sessão de ginástica laboral, evento para discutir o jornalismo literário, exposições de fotos... Este ano notícia que vai dar o que falar é a palestra inspiradora, em que um ex-executivo vai contar sua experiência de deixar o mercado, virar dona de casa e... gostar da experiência.  A novidade mesmo é a primeira edição do Fórum do Pensamento, que colocará na mesma mesa o professor e cientista José Goldemberg, o empresário Jorge Gerdau, o presidente do Grupo Abril Fábio Barbosa e o professor e consultor em comunicação Gaudêncio Torquato para debater O Brasil dos sonhos e o Brasil real.  Fora isso, o congresso atualizou seu nome; antes chamado Congresso Mega Brasil de Comunicação Corporativa, passou a ser o Congresso Brasileiro de Comunicação Corporativa. A hashtag também mudou; de #congresso4em1, agora é conhecido por #CBCC2014.  Por fim, o evento está mais enxuto.
Marcado para os dias 6, 7 e 8 de maio, no mesmo batlocal, a 17ª edição do evento tem como tema central Inteligência e comunicação estratégica na era da sociedade participativa. Vão ser 30 atividades, entre conferências, mesas-redondas e palestras temáticas. Destaques? Vários: A Conferência Magna de Abertura, feitapelo Ministro do Supremo Tribunal Federal, Marco Aurélio Mello. Em ano de eleição, ele vai focar seu discurso em ética e cidadania; A homenagem à jornalista Míriam Leitão, com a entrega do PrêmioPersonalidade da Comunicação 2014. No quesito conferências internacionais, que este ano trarão executivos da Weber Shandwick e da GolinHarris, a criação e distribuição de conteúdo como oportunidades de negócios para marcas e como potencializar a dinâmica das informações no ambiente digital em engajamento.  Até maio, as inscrições podem ser feitas aqui com desconto e com pacotes especiais para várias categorias. Agora, se não der para estar lá, haverá como ter uma ideia geral do conteúdo das palestras pela cobertura online para o  Jornal da Comunicação Corporativa, para Twitter e Facebook. Novamente, vou coordenar o time que vai escrever as matérias, que sempre traz gente de várias tribos, entre jornalistas, relações públicas e internacionais e publicitários.  Não dá para entregar o jogo todo nos textos, mas vai ficar o gostinho de quero mais... no ano que vem!

domingo, 23 de fevereiro de 2014

#Quemnunca? Keep calm, because I'm back

#Quemnunca? Apostou, acreditando que tudo daria certo, e acabou se esborrachando no chão, como um ovo estatelado?
#Quemnunca? Deixou de acreditar depois de ter feito o dever de casa by the book, e ver que as coisas não chegaram aonde deveriam?
#Quemnunca? Se entocou, se enfurnou e se deixou levar pela frustração?
#Quemnunca? Achou que jamais passaria por tudo isso?

Não costumo ler conteúdos como este em blogs, mas achei que seria, no mínimo, obrigação explicar meu silêncio de nove meses - uma gestação!  É necessário que compartilhemos sentimentos (obtusos ou não) e sinceridades, além dos memes do Facebook, que denotam nossa psiquê momentânea... e que parecem palavrão ou #coisaruim num mundo em que só valem as boas dicas, as receitas de sucesso, artigos nos quais somos terceira pessoa, nunca os agentes de nossa própria história...
Apostei nos novos modelos, acreditei que as coisas aconteceriam no tempo necessário - ou pelo menos, no tempo certo pra mim. Sem os resultados esperados, e porque sou feita de carne e osso, hoje mais carne do que osso, deixei de acreditar. E cansei de produzir, achando mesmo que não faria a menor diferença. Afinal, tá todo mundo escrevendo, produzindo, compartilhando... pessoas, empresas, ONGs...
A falta de retorno no prazo que eu me dei para fazer as coisas acontecerem, porque sempre fui (mal)acostumada a uma história de vitórias,  foi me consumindo e, por quase um ano, tomei chá de sumiço aqui do blog, Eu sumi, desapareci... Eu desisti. Desisti de sonhos, de planos, de amigos até. Me entoquei, me enfurnei, me entreguei. Foi maior que o efeito platô sobre o qual escrevi, acho que àquela altura escrevendo para mim mesma... tentando me convencer do que seria algo passageiro. Mas não foi!
Foram precisos nove meses para que eu pudesse cair, sofrer, chorar, me descabelar, comer até não poder mais, até me tratar e sair dessa bad trip. Hoje volto especialmente graças ao carinho da minha família, ao colo espiritual e material do meu companheiro, e  à amizade de amigos verdadeiros!
Não pretendo escrever alucinadamente. Nesta nova fase, o blog vai compartilhar leituras, informações, conteúdos estratégicos e testemunhos de pessoas reais, de carne e osso... o que elas fizeram para se adaptar aos novos tempos,  como estão lidando com a diferença da velocidade e quantidade de investimento x retorno e o que elas sugerem pra quem quer chegar a algum lugar que exprima sucesso, bem estar e qualidade de vida...
Espero que possamos estar juntos nessa nova fase.  Até o próximo post e obrigada pela leitura! Ah, claro, querendo, comente... colabore com suas ideias e dicas também. Num ambiente de colaboração em rede, participar é a palavra de ordem.


segunda-feira, 20 de maio de 2013

O efeito platô: as oito causas e antídotos para sair do marasmo rumo ao sucesso

Você já ouviu falar em 'efeito platô'?  Trata-se de uma força da natureza e bastante comum na vida da gente. Significa que entramos na zona de conforto, que paramos de crescer em função de uma rotina.  No efeito platô, ainda nos esforcemos mais para alcançar determinados resultados,  parece que não saímos do lugar.  Quem já fez algum tipo de dieta sabe - perde-se muito num primeiro momento, mas depois, parece que a balança persiste em continuar no mesmo lugar, ainda que suemos mais para mudar este status.
Segundo Bob Sullivan eHugh Thompson, autores do recentíssimo livro "O efeito platô,  da mesmice ao sucesso" (tradução livre), são oito os motivos que estão por trás dessa força - conhecê-los pode ajudar-nos a sair do estado de marasmo. 
  1. Imunidade:  acontece quando pessoas, relacionamentos, negócios e mesmo processos físicos tornam-se imunes às mesmas técnicas, approaches e soluções. Pode ser frustrante porque o que funcionou tão bem no passado, simplesmente, não faz o menor efeito hoje.  A solução é usar e abusar da diversidade;  dar uma mexida  nas coisas e ser radical, tentando diferentes formas de lidar com as coisas, técnicas e procedimentos. 
  2. Algoritmo ambicioso:  o conceito é emprestado da matemática. É quando buscamos soluções de curto prazo, atalhos, e ignoramos o processo pelo qual eventualmente deveríamos passar para obter resultados melhores de longo prazo.   A solução para isso está em pensar em estender o horizonte de recompensas.   Algo como estudar para entender e poder usar o que aprendeu a longo prazo e não somente usar fórmulas batidas para passar no vestibular.
  3. Tempo ruim:  pode significar que é hora de dar uma parada básica. É a teoria do ócio criativo. Da mesma forma que o silêncio entre as notas é parte da música, períodos de descanso fazem parte do sucesso.  
  4. Problemas de fluxo: podem ter a ver com dinheiro, mas inclui mau uso do tempo, de fornecedores  ou ferramentas de trabalho .  É preciso contrabalançar usando recursos diferentes dos que você usa, descobrindo pontos de estrangulamento de uma atividade que esteja impactando o todo.
  5. Dados distorcidos: é quando você está baseando suas decisões em medições erradas ou avaliando equivocadamente seu risco. Para isso é importante rever as lentes com as quais você olha para seus processos, negócios ou técnicas.
  6. Distração:  é a inimiga da adaptação e pode te levar direto a um platô. Contra ela o antídoto é a escuta radical, um modo de engajamento ativo em que você fica em sintonia com seu entorno, ouvindo o que ele tem a dizer e se adaptando a ele.
  7. O lento processo da falha: tem a ver com o fato de que podemos não perceber quando uma situação está realmente piorando - seu agravamento acontece de forma mais lenta do que podemos enxergar. Podemos evitar isso ao estabelecer métricas claras de resultados. Assim, dá para saber se estamos progredindo ou se é hora de consertar a rota e seguir em frente.
  8. Por fim, o perfeccionismo - não adianta, o perfeito é inimigo do bom e o desejo de perfeição acaba matando os bons resultados que os começos proporcionam. Aceite que errar faz parte de um lançamento que pode estar em beta, e você poderá consertar algo mais adiante, inclusive com a ajuda de clientes e colaboradores.
O efeito platô nos ensina a perceber que nada dura para sempre, e que é necessário de tempos em tempos rever nossos conceitos, atitudes e procedimentos.  Achei que o assunto era totalmente cabível neste mosaico de temas tratados aqui, e que têm a ver com o lidar com o mundo rápido e exigente em que vivemos especialmente como seres sociais. Você concorda? 

segunda-feira, 13 de maio de 2013

Os melhores horários para se relacionar em mídias sociais


Este post complementa o Boletim Mosaico Social desta semana, da rádio Mega Brasil online, sobre os melhores horários para postar em mídias sociais. A dica é de Brianna Smith, que escreveu para o site Social Media Today, com base em um infográfico, que reproduzo a seguir, para quem prefere acompanhar o assunto visualmente.  Apenas para constar, conforme disse no Boletim Mosaico Social - o que vale é o bom senso e você sempre adequar qualquer dica ao seu tipo de negócio, o conteúdo e a mídia escolhida. O que vale para uns pode não ser ideal para outros.

O Boletim Mosaico Social é veiculado todas as segundas-feiras, às 9h30, e repetido às terças (15h30) e quartas-feiras (17h30). 

Se você tem alguma dúvida especifica ou sugestão para o Boletim Mosaico Social ou mesmo para este espaço, entre em contato comigo pelo Facebook.  Se gostar, divulgue, se preferir, comente.